Trilhas de atuação

Para perseguir a missão de “ocupar e demarcar, de forma consistente epistemologicamente e na produção de tecnologias, lugar na pesquisa em Comunicação Social, a partir de conexões interdisciplinares com Ciência Cognitiva, Filosofia da Tecnologia e da Informação”, e levando em conta os conhecimentos e habilidades de seus membros, o grupo está organizado em três tracks.

Track 1: Intersecção teórico-metodológica entre Tecnologia (Filosofia da Tecnologia), Comunicação Social (mídia digital conectada) e Ciência Cognitiva (Neurociência)

Esta trilha, de caráter epistemológico, oferece as bases teóricas para fortalecer o desenvolvimento científico do grupo.

Track 2: Sistemas inteligentes na mídia digital conectada com foco na produção do
Jornalismo (Dados, metadados, semântica, adaptativos, IoT, APIs etc)

É a trilha de caráter empírico. Tem como objetivo construir agentes inteligentes na comunicação – especificamente, no jornalismo, pois é um campo que a maioria dos componentes do grupo possui expertise. Esse track validará empiricamente as questões epistemológicas-teóricas.

Track 3: Simbiose entre Homem-Máquina (estudo de sistemas cognitivos que realizam
troca informação de forma simétrica)

Possui caráter “metafísico”. Indica “para onde vai a maré científica”. Dialoga com o track 1, mas pensando como será a comunicação através de dispositivos digitais conectados.