TECCCOG disponibiliza dados sobre o uso de redes sociais nas eleições presidenciais

O Grupo de Pesquisa Tecnologia, Comunicação e Ciência Cognitiva (TECCCOG), da Universidade Metodista de São Paulo, realiza o Projeto Neofluxo 2014, que busca avaliar aspectos mensuráveis do “sentimento” das conversações realizadas nas redes sociais. É na avaliação de três elementos (ator-rede, partidos políticos e mídia tradicional on-line) que se observa como a influência e o sentimento (uso da semântica) têm sido empregados nas eleições presidenciais de 2014 pelos três principais candidatos na disputa: Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB).

O projeto conta ainda com uma parceria com a Universidade Federal do ABC (UFABC), por meio da colaboração do Prof. Dr. Ronaldo Cristiano Prati, e o apoio dos mais de vinte pesquisadores que compõem o grupo, formados ou vinculados a diversas instituições, como: Faculdade Cásper Líbero, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), Universidade de São Paulo (USP), Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), Universidade Federal do ABC (UFABC), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e da própria Universidade Metodista de São Paulo (UMESP).

A atual fase do projeto teve como base experiências anteriores vividas pelo grupo, que realizou projeto similar – em menor escala – nas eleições presidenciais de 2010, pesquisando na época as mensagens de Dilma Rousseff, José Serra e Marina Silva. Os principais resultados da etapa anterior podem ser visualizados gratuitamente no e-book “Projeto Neofluxo: atuação eleitoral do Astroturfing no fluxo informativo na Web”, de Walter Teixeira Lima Junior, Amanda Luiza Silva Pereira e Rafael Vergili. Nele, uma das informações mais importantes foi a identificação da presença de Astroturfings, figuras que se passaram por usuários comuns, mas que possuíam motivações políticas e atuaram, no decorrer das eleições, de maneira não legítima para influenciar os fluxos informativos e comunicacionais nas redes sociais. Eles nortearam grande parte das conversações no ambiente, alterando o fluxo natural das mensagens.

No projeto de 2014, que tem como foco a relação entre os assuntos econômicos e as mensagens políticas relativas aos candidatos à Presidência da República, a primeira disponibilização de dados se caracteriza pelo impacto do falecimento de Eduardo Campos nos fluxos de informação sobre as eleições. Os resultados preliminares podem ser observados aqui.

Leave a Reply